Megasena - resultado do concurso 1277

domingo, 24 de abril de 2011 00:58 By Lucio Neto

Resultado do concurso 1277 da Megasena: 50 - 12 - 31 - 59 - 60 - 18. Dados do site da Caixa Econômica Federal e ordem do Ranking do SortePress.
Observe nos comentários que é cada vez maior a presença dos "códigos avançados" no triângulo. Estes dados estão sendo finalizados e, em breve, serão enviados aos assinantes. Faltam alguns ajustes finais para que possam ser considerados como regra do tri. Confira:

DEZENA 50: temos o código 952 ligado ao número do concurso, o ranking 19, a dezena 50 em código avançado, o SFS 134 e a TDS 01 em código avançado (COD 2);
DEZENA 12: à esquerda com o código 960, o SFS 133, o ranking 20 e a TDS 02 (COD 2);
DEZENA 31: na seqüência com o SFS 128, logo acima o ranking 26, a TDS 03 em código avançado e o código 997 (COD 2);
DEZENA 59: logo abaixo com o código 994, a TDS 04, o SFS 127, o ranking 30 (COD 1);
DEZENA 60: mostra a TDS 05, o código 469, o ranking 32 e o SFS 126 (COD 4);
DEZENA 18: fechando o círculo das seis sorteadas tem o SFS 121, a TDS 06, o código 947 e na parte superior o ranking 41 ( COD 1).

A sena acumulou e deve pagar na quarta (27/04) R$ 4 milhões. Saiba mais aqui

Há vinte anos eu estudo o Triângulo e a cada dia ele me surprende mais. Esses "códigos avançados" é um fato muito louco. Por exemplo: um código bastante comum no mapa de código é o 110. Esse código no "código avançado" pode ser visto no triângulo como 164164. Outro bastante comum é o 118 que no avançado por ser visto como 1641648. O 233 pode ser 2643643 e por aí vai.
Apesar dessa "loucura" tem um lógica. Veja o 233. Considerando que 264 é igual a 02, 20 ou 200 e 364 é igual a 03, 30 ou 300, fica mais fácil você entender a lógica do triângulo.
Estes códigos ainda não foram enviados aos assinantes porque eu preciso constatar a sua freqüência nos concursos e as suas diferentes disposições no triãngulo. Em breve todos estarão recebendo. Trabalhem com as informações já enviadas que são válidas tanto para a TDS como para as dezenas.

0 comentários: